Mundo

Joe Biden vence no Wisconsin, e campanha de Trump diz que pedirá recontagem de votos

A campanha de Trump também exige uma recontagem em Michigan, outro estado onde ele enfrenta uma disputa acirrada com Biden.

BRIAN SNYDER / REUTERS
Caso Biden vença em Michigan e em Nevada, ele completa os 270 votos.

Na reta final da contagem dos votos, o democrata Joe Biden venceu no Wisconsin, de acordo com projeção da AP. Com isso, ele leva mais 10 delegados, fica com 237 votos enquanto o candidato à reeleição Donald Trump tem 214. Quem chegar a 270 conquista a Casa Branca. A apuração continua em estados decisivos como Michigan e Pensilvânia.

Pouco antes da confirmação da projeção, a campanha de Donald Trump havia afirmado que irá pedir a recontagem dos votos no estado. “Há suspeitas de irregularidades em diversos condados de Wisconsin, o que levanta sérias dúvidas sobre a validade dos resultados”, disse Bill Stepien.

Como a diferença entre Biden e Trump é menor que 1 ponto percentual, Trump pode pedir uma recontagem de votos.

Caso Biden vença em Michigan e em Nevada, ele completa os 270 votos. No entanto, com a possibilidade real desse cenário, a campanha de Trump ingressou com uma ação em Michigan para interromper a contagem de votos da eleição presidencial no estado.

“Ingressamos com uma ação hoje na Tribunal de Reclamações de Michigan para interromper a contagem até que acesso significativo seja concedido. Também exigimos uma revisão dos votos que foram abertos e computados enquanto não possuíamos acesso significativo”, disse a campanha em um comunicado.

De acordo com a Edison Research, ainda não há um vencedor claro no Estado crucial, que possui 16 votos eleitorais. O oponente do republicano Trump, o democrata Joe Biden, possui uma pequena vantagem em Michigan, onde 92% dos votos esperados foram computados.

Fonte: HuffpostBrasil

 

Click to comment

Deixe uma resposta

To Top
%d blogueiros gostam disto: