Nitro News Brasil

Noticias e informações sobre saúde COVID-19,coronavírus, Futebol e muito mais

Dounload Aplicativo Oficial da Caixa | Auxilio Emergencial Android e iOS/iPhone

Anúncios

CAIXA Econômica Federal liberou para download o aplicativo que permite solicitar o Auxílio Emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados — este últimos que não estejam recebendo o seguro desemprego (cujos valores são maiores e o cálculo diferente).

O pagamento do benefício por até três meses se aplica também a trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS. Saiba qual o nome correto do aplicativo da CAIXA e evite cair em golpes no WhatsApp que prometem o auxílio.

Apelidado de “Coronavoucher”, o valor pode ser solicitado direto no aplicativo CAIXA | Auxilio Emergencial, disponível para smartphones Android e também iOS (iPhone). Quem não tem celular com internet precisa fazer pelo site oficial da CAIXA (logo abaixo).

O que é o Auxílio Emergencial?

Trata-se de um benefício destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, como proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela atual pandemia da COVID 19 (que conhecemos mais popularmente como o novo coronavírus), cujo afastamento social é necessário.

De acordo com a CAIXA, o benefício tem o valor de R$ 600 e será pago por três meses, para até duas pessoas da mesma família. Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor pago mensalmente será de R$1.200,00.

Quem pode receber?

A pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, todos os seguintes requisitos:

  1. Ser maior de 18 anos de idade;
  2. Não ter emprego formal (trabalhadores autônomos com rendas informais);
  3. Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
  4. Ter renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  5. Não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70;
  6. Exercer atividades na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  7. Ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

Como receber?

Quem já estava no Cadastro Único até o último dia 20/03 e que atenda as regras do Programa receberá o pagamento sem precisar se cadastrar no novo site da CAIXA.

Quem já recebe Bolsa Família poderá receber o Auxílio Emergencial, desde que seja mais vantajoso quando comparados. Neste período, o Bolsa Família ficará suspenso.

Pessoas que não estavam no Cadastro Único até 20/03, mas que têm direito, precisam se cadastrar em auxilio.caixa.gov.br ou no APP CAIXA | Auxilio Emergencial.

APP CAIXA | Auxilio Emergencial

🚨 ATENÇÃO: Antes de continuar, verifique se você já estava no CadÚnico.

Depois de solicitar o pagamento, a pessoa pode acompanhar se vai receber o auxílio emergencial, consultando no próprio site ou aplicativo com o resultado da solicitação.

Sites e aplicativos OFICIAIS da CAIXA Econômica Federal:

Como solicitar o Auxílio Emergencial via app ou site da CAIXA

O processo é um pouco longo, tenha CPF dos membros da família em mãos.

Site da CAIXA | Auxilio Emergencial

  1. Verifique se você já está cadastrado no CadÚnico;
  2. Caso não esteja, baixe o app CAIXA | Auxilio Emergencial ou vá ao site;
  3. Toque em “Realize a sua solicitação”;
  4. A primeira tela pedirá que você confirme que cumpre todos os requisitos;
  5. Leia com atenção e toque em “Tenho todos os requisitos, quero continuar”;
  6. Preencha seus dados: nome, CPF, Data de nascimento e nome da mãe;
  7. Valide o captcha (não sou um robô) e toque em “Continuar”;
  8. A CAIXA pede, ainda, número de celular e operadora, informe;
  9. Você vai receber um código por SMS em 10 min (tem validade de 4 horas);
  10. Você vai precisar informar salário médio, atividade profissional e local;
  11. A CAIXA também vai perguntar a quantidade de membros na sua família que tem CPF (note que você deve inserir cada um no botão “Adicionar membro da família”) e marcar um check (✔️) se for mulher e chefe de família;
  12. Ao final disso tudo, há duas opções: receber em conta existente e abrir uma conta nova, uma poupança digital para receber o benefício (escolha uma);
  13. Caso escolha conta já aberta, deve ter a mesma titularidade do seu CPF. Escolha o banco, se conta corrente ou poupança, e toque “Continuar”;
  14. Confirme todos os seus dados e dos integrantes da sua família na última tela;
  15. Toque em “Concluir sua solicitação” ou em “Corrigir” se for necessário.

Caso você possa receber, será informado isso. Caso contrário, verá “CPF em situação inválida”. Ou seja, você não se enquadra nos requisitos de “quem pode receber” acima.

Caixa Apps - Cadastro Unico | Auxilio Emergencial

Note que o app pode estar instável, pela grande quantidade de acessos simultâneos.

Anúncios