Campeonato Brasileiro

Presidente do Atlético-MG diz que ‘Flamengo tem que ser rebaixado automaticamente’ e vai pedir exclusão do clube do Brasileiro

A polêmica envolvendo a partida entre Flamengo e Palmeiras ganhou mais um capítulo.

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, em dezembro de 2018 Pedro Souza/Clube Atlético Mineiro

Presidente do Atlético-MG, Sergio Sette Câmara ficou inconformado com a situação, criticou bastante a equipe rubro-negra e disse que o “Flamengo deve ser rebaixado” e que o clube mineiro irá pedir a exclusão dos cariocas do Brasileirão.

“A lei vale para todos. O Flamengo se utilizou da Justiça comum para descumprir o protocolo da CBF e desrespeitar todos os outros 19 clubes da Série A, em mais um exemplo de soberba. Isso é passível de banimento. Tem de ser rebaixado automaticamente. O Atlético-MG vai entrar com um pedido à Procuradoria do STJD para a exclusão do Flamengo do Brasileiro. Deve ser realmente banido do campeonato”, disse em entrevista ao portal Terra.

“O campeonato vai prosseguir. Só não sabemos se com ou sem o Flamengo. Temos acompanhado as dificuldades da CBF na organização do Brasileiro num momento tão grave, tão difícil. Era hora de todos darem as mãos para ajudar a confederação e o futebol brasileiro. Mas o Flamengo quer tomar o próprio caminho, se acha o melhor e se acha independente. Tem de pagar pelos seu erros.”

Em outra entrevista, dessa vez à Rádio Itatiaia, o mandatário do Atlético-MG foi além.

“Eu acho que está na hora de o futebol tomar alguma medida. O Flamengo acha que é melhor que todo mundo. Ele é apenas mais um clube que participa do Campeonato Brasileiro. Os 19 clubes estão alinhados, ao meu sentir. Se o Flamengo quiser ele faz o campeonato dele sozinho. E nós fazemos o nosso sem o Flamengo. Não vai fazer falta nenhuma”, finalizou.

Fonte: ESPN Brasil

 

Click to comment

Deixe uma resposta

To Top
%d blogueiros gostam disto: