Esportes

Bahia goleia de novo pela Copa do Brasil e avança à terceira fase

Melhor ataque da edição 2021 da Copa do Brasil, com 11 gols em dois jogos, o Bahia segue adiante na competição. Nesta quarta-feira (7), o Esquadrão de Aço bateu o Manaus por 4 a 1 no estádio de Pituaçu, em Salvador, pela segunda fase do torneio nacional.

O próximo adversário será definido em sorteio a ser realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A vaga na terceira fase garantiu mais R$ 1,7 milhão aos cofres tricolores. O clube acumula R$ 4,2 milhões em premiações nesta Copa do Brasil, considerando também o R$ 1,15 milhão de participação e o R$ 1,35 milhão pela classificação na primeira fase, quando atropelou o Campinense por 7 a 1 no Amigão, em Campina Grande (PB), em 9 de março.

Com apenas dez minutos, o Bahia já vencia por 2 a 0. No primeiro lance, o lateral Matheus Bahia recebeu pela esquerda, com liberdade, e cruzou à meia-altura para o meia Rodriguinho desviar para as redes, na pequena área. Aos nove, o atacante Gilberto recebeu na área, girou e rolou para o meia Thaciano dominar na meia-lua e bater colocado, no canto do goleiro Rafael.

O Esquadrão diminuiu o ritmo e o Manaus, que tinha obrigado o goleiro Douglas a uma boa defesa aos cinco minutos, em chute cruzado do meia Gabriel Davis, cresceu na partida. O próprio Gabriel Davis voltou a assustar aos 23, em contra-ataque puxado pelo atacante Vanilson, parando em Douglas. Aos 35, o volante Gilson cruzou da entrada da área, pela direita, e Vanilson, na pequena área, antecipou-se à marcação e descontou para o Gavião do Norte.

O segundo tempo começou parecido com a primeiro: com o Bahia marcando pressão e balançando as redes. Aos quatro minutos, o zagueiro Conti, de cabeça, marcou o terceiro. Três minutos depois, Thaciano ficou cara a cara com Rafael, mas chutou em cima do goleiro. Aos 14, o Tricolor armou contra-ataque e o atacante Rossi, após passe do volante Patrick de Lucca, aumentou a vantagem.

O filme dos 45 minutos iniciais se repetiu, com o Manaus, após dois gols sofridos em sequência, lançando-se com tudo ao ataque. Em pelo menos três ocasiões, o Gavião viu Douglas frustrar as esperanças com boas intervenções. Na terceira delas, antes de o goleiro defender, o meia Diego Rosa acertou a trave. Em outras duas (uma cabeçada e um desvio de peito, ambos de Vanílson), a bola passou ao lado. A pressão manauara, desta vez, não teve êxito.

Mais classificados

Arquirrival do Bahia, o Vitória também se garantiu na terceira fase ao derrotar o Rio Branco-ES por 2 a 0 no Barradão. O triunfo foi definido no início do segundo tempo, com dois gols em cinco minutos. O atacante David, de cabeça, abriu o marcador e o volante Gabriel Bispo ampliou logo na sequência.

Outro representante baiano, a Juazeirense também segue na Copa do Brasil. Após o empate por 3 a 3 no tempo normal, o Cancão de Fogo venceu o Volta Redonda por 4 a 2 nos pênaltis, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA). O Voltaço abriu 3 a 0 no primeiro tempo, com gols do zagueiro Gabriel Pereira, do lateral Luiz Paulo e do atacante Alef Manga. A reação veio na etapa final, com o zagueiro Wendell, o lateral Daniel Nazaré e o meia Kanu, este último aos 51 minutos, balançando as redes. Nas penalidades, o goleiro Rodrigo Calaça defendeu dois chutes e garantiu a vitória dos anfitriões.

Mais cedo, no estádio Helvídio Nunes, em Picos (PI), o Boavista derrotou o Picos por 1 a 0 com gol do atacante Michel Douglas. O volante Fernando Bob teve a chance de ampliar, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti. O ex-jogador de Fluminense e Ponte Preta foi expulso no fim da partida, mas nada que alterasse o resultado final.

Na terça-feira (6), o Coritiba obteve a vaga na terceira fase com a vitória por 3 a 2 sobre o Operário-PR no estádio Couto Pereira, em Curitiba. O placar estava empatado em 2 a 2 até os 45 minutos do segundo tempo, com gols do atacante Léo Gamalho (dois) para o Coxa e dos meias Tomás Bastos e Jean Carlo para o Fantasma. Nos acréscimos, o meia Luiz Henrique, de cabeça, marcou o gol da classificação alviverde.

No mesmo dia, o Fortaleza superou o Ypiranga-RS por 1 a 0 na Arena Castelão, também se garantindo na sequência da Copa do Brasil. O lateral Yago Pikachu, recém-contratado junto ao Vasco, decidiu a classificação tricolor com um gol de falta na etapa final.

To Top