De Olho Na Novela

BBB 2021: Karol Conká alega racismo e Juliette desmente a narrativa

BBB 2021
Karol Conká alega racismo no BBB 2021 e Juliette desmente a narrativa (Imagens: Reprodução – Globoplay / Montagem – RD1)

Karol Conká e Juliette são dois nomes polêmicos no BBB 2021, e ganharam assunto de jeitos diferentes. A cantora enxergou racismo ao ter sido isolada depois do surto com Carla Diaz, mas foi contestada pela paraibana, que desmentiu a narrativa.



Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

Eu respeito muito essa situação, suas dores e cicatrizes e vivências em relação a estar acostumada a outras pessoas serem valorizadas e você não, mas eu discordo porque eu, na minha posição de privilegiada, não fui acolhida“, disparou Juliette, discordando do argumento trazido pela sister do Camarote.

A advogada nordestina, inclusive, relembrou a primeira semana do Big Brother Brasil, quando foi isolada por boa parte dos participantes, que até tiraram sarro dela: “Pelo contrário, eu fui maltratada quando eu errei. Então, não é por isso. Pode ter sido pela circunstância“.

Depois de ouvir, Karol se viu no próximo paredão por causa de seu jeito ácido e ainda disse que os confinados protegeram Juliette, lembrando que Arcrebiano deu imunidade a ela na semana retrasada. Na real, o ex-BBB fez isso como um plano de evitar que ela e Lucas Penteado fossem juntos ao paredão.

Sabendo disso, a paraibana contra-argumentou a rapper: “Todo mundo mais ou menos, né. Porque me esculhambaram e não foi pouco, não. Eu levei nome de doente mental, doida, ciumenta, desequilibrada, possessiva“.

Karol Conká voltou a negar tudo que ouvia, inclusive negando coisas que já tinha falado anteriormente, nas costas da concorrente: “Eu falei oscilação de sanidade. Não é louca, é oscilação. É o momento que você tem um pico de loucura“.

Anteriormente, Juliette reclamou dessa postura da cantora: “Você me chamou de doida várias vezes. Eu posso me chamar, mas eu não te chamei de doida, não. Tem dois sentidos. Uma coisa é chamar de doida, outra coisa é ter problema mental. Problema mental é sério, doida é engraçado“.

Em resposta final, a participante jogou na cara que foi hostilizada por alguns dos colegas de confinamento, diferente do que disse Caio, que minimizou o passado: “Eu escutei coisas bem piores. [Picos de loucura] todo mundo tem, o problema é como a gente trata o outro”.

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes

Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.

O post BBB 2021: Karol Conká alega racismo e Juliette desmente a narrativa apareceu primeiro em RD1.

Comments
To Top