Atuais campeões, Federer e Wozniacki tiveram vitórias confortáveis na estreia do Australian Open

Federer e Wozniacki estrearam no Australian Open na noite desta segunda-feira em Melbourne. Roger Federer começou a defesa do título com uma vitória sobre o uzbeque Denis Istomin por 6-3, 6-4 e 6-4. Já a atual campeã Caroline Wozniacki  venceu por 6-3 e 6-4 a belga Alison van Uytvanck.

Foram necessárias menos de duas horas para que Roger Federer vencesse Denis Istomin por três sets a zero.O suíço conquistou 52 pontos vencedores contra apenas 22 do uzbeque. Apesar de não ter dado nenhuma chance de quebra ao adversário, o atual campeão do Grand Slam do pacífico deixou a deseja em sua performance. Federer acertou apenas 56% dos seus primeiros saques, ainda que tenha conseguido passar 87% do segundo serviço.

“Posso confiar em meu segundo saque em particular”, disse Federer. “Quando você confia no seu segundo saque, pode ir atrás do seu primeiro saque. Eu tenho uma boa variação, para ser bem sincero. […] Na Copa Hopman também servi muito bem.”

Essa foi a 15ª vitória consecutiva de Federer em Melbourne. Essa campanha começou no seu retorno pós cirurgia, em 2017, passou pela defesa do título em 2018, e agora a campanha de 2019. O tenista de 37 anos busca seu sétimo título de Australian open, mas sabe que vencer três vezes seguidas será um desafio e tanto.

“Tenho que pensar que talvez seja possível, mas provavelmente será outra pessoa”, declarou. Vou tentar tudo o que puder. Vou deixar tudo na quadra e depois ver o que acontece. Vou dar o melhor de mim.”

Na próxima rodada, Roger Federer encara Daniel Evans. O britânico é o 190º do mundo, e desbancou o brasileiro Rogerinho nas qualificatórias.

A vitória de Wozniacki

Caroline Wozniacki precisou de uma hora e meia para derrotar a Alison van Uytvanck por dois sets a zero. Já no primeiro game a belga mostrou sua força, e atingiu o break point. Mas a dinamarquesa se salvou com ace. Eles seguiram de igual para igual, até a metade do primeiro set, quando Wozniacki assumiu o controle e quebrou o saque de Van Uytvanck, o que garantiu o primeiro set.

No segundo set, a tenista número 2 do mundo continuou forçando os erros da adversária, conseguindo uma quebra no terceiro game, que garantiu a vitória. Foram exatamente os erros não forçados de Alison que a eliminou do Australian Open. Caroline cometei apenas 16, enquanto a belga 34.

No final da partida o que se viu foi uma dinamarquesa emocionada. Ela conquistou seu primeiro e único Grand Slam exatamente em Melbourne, em 2018, mas depois de muitos problemas físicos, foi diagnosticada com artrite em agosto.

“É um sentimento tão especial que adoro jogar aqui”, disse ela após sua vitória. “No ano passado eu tive algumas memórias especiais e só para poder estar de volta aqui no Rod Laver Arena é algo extremamente especial e emocional. Agora vou começar a chorar e nunca choro.”

O confronto de Wozniacki na segunda rodada será contra a sueca Johanna Larsson.

Leia mais

Australian Open faz homenagem a Andy Murray através de vídeo

De Minaur conquista primeiro título em casa

Bruno Soares e Jamie Murray conquistam ATP 250 de Sydney

 

 

Atuais campeões, Federer e Wozniacki tiveram vitórias confortáveis na estreia do Australian OpenTorcedores.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *