CEO da Copa do Mundo de 2018 diz que estádios serão legado na Rússia

146 visualizações
O russo Alexey Sorokin, CEO da Copa do Mundo da Rússia

O russo Alexey Sorokin, CEO da Copa do Mundo da Rússia
Sergey Pivovarov/Reuters – 2.3.2018

No centro de uma crise por causa das suspeitas de doping, a Rússia garante que o problema não existirá na Copa do Mundo. Em entrevista ao Estado, o CEO do Mundial, Alexey Sorokin, confirmou que os testes de doping serão realizados fora do país, sob supervisão da Fifa, e que os atletas russos serão alvos de “rigorosos” exames. Em relação aos estádios, o executivo indicou que todos serão suficientemente testados e espera um grande legado.
Quais são os principais desafios até o início da Copa?
Não temos grandes preocupações. Os estádios estão sendo entregues um por um e serão devidamente inspecionados e testados ao longo das próximas semanas.
Quando serão os testes?
Estamos nos preparando para amistosos de um perfil elevado, como o jogo contra o Brasil em Moscou e contra a França em São Petersburgo para uma vez mais testar os serviços dos estádios e organização de jogos. Essas serão oportunidades para nós, mas também para as autoridades.
O senhor garante que os estádios estarão prontos?
Sim, tudo será entregue. Estamos monitorando o progresso das obras. Entre janeiro e março, muitas visitas técnicas foram realizadas. Tanto o Comitê Organizador como a Fifa estão satisfeitos. Em comparação ao Brasil, o clima é um pouco mais desafiador nesse ponto, já que estamos saindo de um dos invernos mais rigorosos que já tivemos. Apesar disso, temos já seis estádios em operação e seis outros estão em fase final.
O doping afetou a imagem do esporte na Rússia. O senhor considera que o impacto positivo que a Copa possa ter será minado por esse escândalo?
Não. Apenas rumores e especulações. Se existem fatos, vamos discuti-los. Se não existem fatos, vamos falar de futebol. Em primeiro lugar, a organização inteira do controle de doping na Copa estará sob a autoridade e supervisão da Fifa. Jogadores russos tem sido testados em competições internacionais e serão alvo de verificações rigorosas.
Qual será o maior legado?
Mostraremos ao mundo que, além de percepções e clichês, os russos são capazes e um povo que acolhe a todos, que é orgulhoso de sua nação e suas conquistas. De forma mais concreta, o evento permitirá maiores investimentos e modernizar cidades sedes no que se refere a transportes, estradas, aeroportos. Gerações inteiras vão se beneficiar.
Quais são os 12 estádios que vão receber jogos da Copa do Mundo

Recomendados para você  De olho na Libertadores, Cruzeiro inicia fase de preparação para jogo

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: