Jogadores do Ferroviário comemoram virada histórica na Ilha do Retiro

Jogadores do Ferroviário comemoram virada histórica na Ilha do Retiro
Alexandre Gondim/Estadão Conteúdo – 15.2.2018

Tem coisas que só acontecem na Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (15), o jogo entre Sport e Ferriviário-CE foi mais um daqueles que entram para a história da competição. 
A partida aconteceu na Ilha do Retiro e tudo parecia tranquilo para o time da casa. O Ferroviário ficava fechadinho na defesa e o Sport atacava. Ainda no primeiro tempo, Anselmo fez uma 1 a 0 para o Rubro-negro. 
No segundo tempo, o Sport foi mais insistente no ataque e Fabrício fez o segundo gol do time de cabeça.
Índio passou para Marlone que marcou o terceiro para os pernambucanos. 
Tudo parecia decidido e o Sport estava com a vaga para a terceira fase da Copa do Brasil praticamente garantida. Mas, a partir dos 30 minutos, a história mudou. Mazinho fez dois gols e incendiou a partida. Aos 41 minutos, Sávio cruzou e Valdeci empatou. O jogo foi para os pênaltis. 
Nas penalidades, Rogério e Marlone perderam para o Sport e somente Mota não fez para o Ferroviário, final 4 a 3 para os cearenses. 
Na próxima fase, o Ferroviário enfrenta o vencedor de Vila Nova e Joinville , que jogam na próxima quinta-feira.

O Sport entra em campo no domingo, pelo Campeonato Pernambucano, contra o América-PE, em casa. No mesmo dia, o Ferroviário joga contra o Guarani de Juazeiro-CE, pelo Cearense.