dom. maio 26th, 2019

Mesmo com renúncia, conselheiros do Santos buscam expulsão de Adilson após áudio racista

Adilson Durante pediu renúncia ao Conselho do Santos (Reprodução)

O conselheiro Adilson Durante Filho pediu renúncia do Santos neste sábado após o vazamento de áudio racista. Mesmo assim, parte dos colegas querem protocolar um requerimento para a expulsão.

A ideia dos conselheiros é acabar com qualquer chance de ligação entre Adilson e o Peixe. O receio é de um retorno no futuro, quando o assunto sair dos holofotes.

Outros associados, em contrapartida, recuaram e não veem sentido mais na ação. Como ele não é mais conselheiro e nem sócio, não haveria previsão estatutária para eliminar uma relação futura. Ele poderia pleitear uma nova associação a médio prazo.

20 assinaturas de conselheiros são necessárias para o requerimento. Como a secretaria social esteve fechada na sexta, o documento deve ser entregue na segunda-feira. Dezenas de santistas estão dispostos a a participar.

Com o requerimento pela expulsão entregue, a mesa diretora do Conselho Deliberativo analisará e poderá encaminhar à Comissão de Inquérito e Sindicância para parecer. Adilson teria tempo para apresentar a defesa e, na sequência, a saída do Alvinegro iria para a votação.

Antes de renunciar ao Conselho, Adilson Durante foi desligado do cargo de secretário-adjunto de Turismo na Prefeitura de Santos e da filiação ao PSD. Ele foi diretor da base e do profissional do Peixe na última década.

O post Mesmo com renúncia, conselheiros do Santos buscam expulsão de Adilson após áudio racista apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.