Capitão da Chapecoense chama responsabilidade por fase ruim: “Temos que bater no peito e assumir”

Nesta quarta-feira (20), Chapecoense x Tubarão se enfrentaram pela 14ª rodada do Campeonato Catarinense, na Arena Condá e empataram pelo placar de 0 a 0, no primeiro jogo após a saída do então treinador Claudinei Oliveira. O empate contra o lanterna da competição não agradou os torcedores e o capitão da equipe, o zagueiro Douglas.

O ano começou difícil para a Chapecoense, foi eliminada na Copa Sul-Americana pelo modesto Unión La Calera, passou sufoco na Copa do Brasil diante o Mixto, vive uma fase ruim no Estadual e de quebra está sem técnico após demitir Claudinei Oliveira.

Ontem, a Chapecoense voltou a decepcionar seu torcedor e tropeçou diante o Tubarão, lanterninha do Campeonato Catarinense com apenas 1 vitória em 14 partidas. Fato que fez o zagueiro e capitão Douglas desabafar:

“É um momento onde que nós jogadores, mais do que nunca, temos que se fechar e chamar a responsabilidade para nós, não temos que transferir a responsabilidade para outras pessoas. É um momento que nós temos que bater no peito e assumir essa responsabilidade”, disse.

Douglas estava machucado e ausente desde o jogo diante o Unión La Calera, que aconteceu no dia 19/02. O zagueiro voltou exatamente na noite de ontem.

Após o tropeço, a Chapecoense não tem muito o que lamentar, já no próximo domingo, o time enfrenta o Hercílio Luz em busca de reabilitação.

LEIA MAIS:
Em rede social, jovem promessa se despede do Flamengo

Capitão da Chapecoense chama responsabilidade por fase ruim: “Temos que bater no peito e assumir”Torcedores.com.

Advertisment ad adsense adlogger