São Paulo: Zetti lista erros de posicionamento e atitude de Tiago Volpi no Majestoso

Tiago Volpi foi um dos principais nomes do Majestoso devido a suas ações debaixo das traves nas duas chegadas do Corinthians que resultaram em gols. Em meio a enxurrada de críticas, o arqueiro teve os lances do clássico analisado pelo ex-goleiro e ídolo são-paulino Zetti e a avaliação não foi positiva.

Em participação na ESPN, Zetti se encarregou de falar dos lances do goleiro do São Paulo e abriu seu analise lembrando que o simples é o melhor caminho quando se está num jogo difícil.

O chute do Pedrinho não foi forte para fazer aquela defesa de tirar o pé do chão e trocar de mão. Acho que era uma bola defensável. Sem precisar colocar para escanteio“, aconselhou.

Posicionamento [do escanteio], ele tá exatamente em cima da linha. [Hoje], os goleiros estão voltando para dentro do gol. Ele recuou para o gol. É um posicionamento que tá muito em baixo [do gol]. Qualquer erro, qualquer bola rápida é gol. Ele tirou ela dentro do gol. Não precisava estar naquele posicionamento. No posicionamento que ele tava [no início do lance], era para atacar a bola. Isso é treinamento“, completou.

O segundo gol corintiano também gerou polêmicas pelo goleiro Tiago Volpi não conseguir vencer Vagner Love na disputa de bola e Gustagol aproveitar o rebote para estufar as redes.

Ele atacou a bola junto com o Vagner, certo. O que foi o erro? É a passada para trás [na hora do cruzamento de Fagner], perdeu o tempo e se jogou de lado na bola. Repara que o lado que pega na bola é o direito. Tem que proteger essa bola com a perna direita. Essa bola tem que ser de frente e empurrar o adversário com a perna. É a proteção para o seu braço chegar lá em cima e não ter desequilíbrio“, explicou.

Em meio as críticas da atração sobre falha do goleiro e o ex-árbitro Sálvio Spinola apontar falta, Zetti resumiu o lance do segundo tento corintiano sem apontar há existência da infração no lance.

Não tô falando se foi falta ou não. Esse movimento dele foi mais lento porque a passada dele é lá trás quando a bola sai é lenta, chegou com o corpo caído e a proteção do movimento dele foi com as costas. Se fosse com a perna, ele tirava o Vagner Love“, finalizou.

LEIA MAIS
VEJA QUEM MAIS BALANÇOU AS REDES EM 2019 ENTRE OS CLUBES DA SÉRIE A
ELIMINAÇÃO PRECOCE GERA ROMBO MILIONÁRIO NO ORÇAMENTO DO SÃO PAULO
RELEMBRE TODAS ELIMINAÇÕES SEGUIDAS DO SÃO PAULO EM MATA-MATA

São Paulo: Zetti lista erros de posicionamento e atitude de Tiago Volpi no MajestosoTorcedores.com.

Advertisment ad adsense adlogger