Decepções parecidas? Veja a comparação da eliminação do São Paulo com a do Corinthians em 2011

Nesta quarta (13), o São Paulo acabou eliminado na segunda fase da Libertadores da América. Entre os brasileiros, o tricolor se junta ao Corinthians de 2011 e à Chapecoense de 2018 como únicos eliminados na fase pré-grupos da competição. Veja a comparação entre os vexames que os clubes paulistas passaram.

O São Paulo foi eliminado da Libertadores da América, nesta quarta (13). Em pleno Morumbi com quase 45 mil torcedores apoiando (e criticando também), o São Paulo apenas empatou por 0 a 0 com o Talleres – ARG, resultado insuficiente para reverter o resultado do primeiro jogo que terminou 2 a 0 pros argentinos. Esta é a terceira vez que um clube brasileiro é eliminado nas fases pré-grupos da competição continental. O tricolor se junta ao Corinthians, que em 2011 foi eliminado pelo Tolima, e à Chapecoense, que em 2018 foi eliminada pelo Nacional – URU.

As eliminações dos clubes paulistas tiveram roteiros bastante parecidos. Em 2011, o Corinthians também perdeu fora de casa por 2 a 0 e empatou em casa por 0 a 0, porém o Timão fez sua primeira partida em casa e decidiu a vaga na Colômbia. O alvinegro também colocava a competição continental como total prioridade para a temporada e a cabeça de Tite, técnico da época do Timão, foi pedida pela torcida e por parte do conselho do clube.

Outra semelhança é que o volante Jucilei também integrava o elenco do Corinthians na época, ele era titular da equipe na eliminação. O tricolor hoje conta com atletas experientes como Diego Souza, Hernanes e Nenê. O Corinthians na época contava com os experientes Ronaldo, Danilo e Chicão.

O São Paulo fez contra o Talleres o sexto e o oitavo jogos oficiais na temporada. O técnico Jardine ainda teve duas partidas da Florida Cup para fazer a pré-temporada. Já o Corinthians não fez pré-temporada em 2011, o Campeonato Paulista começou em 16 de janeiro e assim fez contra o Tolima sua quarta e sexta partida no ano.

Vindo das categorias de base do tricolor, André Jardine faz sua primeira experiência como técnico de um time profissional. Ele já terminou 2018 como o técnico interino do São Paulo e foi efetivado para a temporada 2019. Diferente de Jardine, o técnico Tite já tinha renome no mundo do futebol e fazia sua segunda passagem pelo alvinegro.

Assim como o Corinthians, o São Paulo agora tem seu maior vexame na história da competição continental. Será que seguirá os passos do rival que conseguiu em 2011 superar as dificuldades e sagrou-se campeão brasileiro e no ano seguinte foi campeão da Libertadores?

LEIA MAIS:

São Paulo se junta a Corinthians e Chapecoense entre brasileiros eliminados na história da pré-Libertadores

Decepções parecidas? Veja a comparação da eliminação do São Paulo com a do Corinthians em 2011Torcedores.com.

Advertisment ad adsense adlogger