TVs de R$ 1000 reais esgotam em segundos no início da Black Friday antecipada em SP

Grandes varejistas abriram as portas mais cedo para tentar recuperar perdas de um ano fraco na Black Friday que começa nesta sexta (23)

No hipermercado Extra da avenida Ricardo Jafet, na zona sul da capital paulista, a pilha da Samsung de 49 polegadas esvaziou em segundos. As pessoas pegaram caixas mesmo sem saber os preços enquanto eram filmadas e fotografadas por equipes de TV e abordadas por jornalistas.

Consumidores durante abertura antecipada da promoção Black Friday no hipermercado Extra da avenida Ricardo Jafet, zona sul de São Paulo
Consumidores durante abertura antecipada da promoção Black Friday no hipermercado Extra da avenida Ricardo Jafet, zona sul de São Paulo – Adriano Vizoni/Folhapress

A estudante Thamires Victorino, 20, pesquisou o preço de televisores por um mês. Chegou ao supermercado às 18h e comprou uma TV smart de 39 polegadas por R$ 1.099.

Durante a confusão, a mãe dela conseguiu agarrar uma das TVs da pilha. Depois descobriu que o item estava com um desconto de R$ 800.

“Só em TV a gente economizou R$ 1.500”, afirmou a estudante, que também levava um processador e varias garrafas de suco de laranja.

O empresário Eduardo Martins, 42, estava com o carrinho cheio de eletrodomésticos (dois aspiradores de pó, fritadeira, panela elétrica e batedeira). Ele afirma que sempre faz compras durante a Black Friday.

Com o carrinho vazio, a dona de restaurante Michele das Neves, 32, olhava com desconfiança para os preços.

“A panela elétrica está cara”, disse, enquanto sacava o celular e digitava o nome do item no Google. “Na internet é mais barato.”

Ela foi ao hipermercado para ver o preço de bebidas alcoólicas.

“Está caro, no [supermercado] Hirota está R$ 74”, afirmou sobre o uísque Red Label, que estava R$ 89 na promoção. Ela diz que já caiu muito em “pegadinhas” durante a Black Friday e que agora confere tudo na internet.

Ao lado das caixas de TV, engradados de cerveja enchiam a maioria dos carrinhos. A lata (269 ml) de Skol saia por R$ 2,19. A Budweiser, por R$ 1,89 —valor R$ 1 mais baixo que o normal.

O Extra abriu as portas às 20h, duas horas mais cedo que nos anos anteriores. Várias redes anteciparam a promoção a fim de tentar reanimar as vendas em um ano fraco.

As Casas Bahia adiantaram a Black Friday em 24 horas. As lojas abriram às 11h desta quinta com quase todos os itens com valores promocionais.

De acordo com Marcelo Nogueira, diretor nacional de vendas em lojas da Casas Bahia, o movimento foi 35% maior do que esperado em todo o Brasil. As lojas venderam o dobro do registrado em uma quinta-feira comum.

As TVs foram os itens mais procurados. Na loja do centro de São Paulo, segundo Nogueira, foram vendidas 20 TVs e 40 ferros de passar nos primeiros 20 minutos. Os ferros custavam a partir de R$ 19,90.

A operadora de cobrança Eliane Bueno, 49, comprou ferro e liquidificador. Também queria levar um micro-ondas, mas não achou os preços atrativos. “Quero gastar menos de R$ 300”, disse. Ela vai esperar para ver os descontos desta sexta.

À tarde, o movimento da loja estava tranquilo. Um dos vendedores disse que estava péssimo. Muitos deles estavam em pé, sem clientes. Os caixas estavam vazios. O tablado com celulares era o único disputado. A maioria perguntava pelos preços.

Na internet, as Casas Bahia tentaram fazer um leilão às avessas pela sua página do Facebook. Ganharia quem oferecesse menos. A ação não deu certo e gerou muitas reclamações dos clientes na rede.

Segundo post da loja, o número de mensagens travou o “bot”, robô que deveria responder automaticamente às mensagens de lances.

Nesta sexta-feira, as lojas das Casas Bahia e Extra Hiper abrem às 6h.  As lojas do Carrefour também abrirão mais cedo, às 7h. Já a Magazine Luiza terá horários diferentes de abertura para cada local. A maioria abrirá entre as 7h e as 8h.

Para aproveitar o dia de ofertas, shoppings também ampliaram seus horários de funcionamento no fim de semana.

O Santa Cruz, da rede Br Malls, irá abrir às 9h nesta sexta-feira, em vez de 10h, e ficará aberto até as 23h, em vez de 22h.

No domingo (25), as lojas abrem duas horas mais cedo, às 12h. O Villa Lobos, do mesmo grupo, oferecerá estacionamento gratuito nos dias 23, 24 e 25.Da empresa Multiplan, o Park Shopping São Caetano ficará aberto das 8h às 23h. O Morumbi, da mesma empresa, ficará aberto das 10h até as 23h.

Fonte: Folhapress

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisment ad adsense adlogger