Lexa se emociona ao relembrar período de pobreza: “Meus sonhos eram praticamente impossíveis!”

Lexa (Foto: Reprodução/Instagram)

Na noite da última quarta-feira, 26, ao som de Payphone, da banda Maroon 5, Lexa relembrou a época em que trabalhava em uma padaria e achava que seus sonhos eram impossíveis.

+Em dança, Gracyanne mostra demais, leva Internet à loucura e faz revelações

“Essa música lembra da época que eu trabalhava na padaria e meus sonhos eram praticamente impossíveis! Como eu queria ser cantora nesse período… viver tudo isso é sonho de uma menina que vivia atrás de um balcão (dignamente e com muito orgulho)”, conta.

+Whindersson Nunes abre portas de mansão luxuosa e mostra detalhes de vida íntima

“Fico emocionada porque Deus é capaz do impossível! Acredite”, declarou a artista.

A cantora Lexa (Foto: Divulgação)

LEXA É ATACADA

A cantora Anitta foi amplamente cobrada por um posicionamento político nas redes sociais e se recusou em dar. No entanto, a artista aderiu a hashtag #EleNão, mas dividiu opiniões de internautas. Lexa usou as redes sociais, nesta segunda-feira (24), para mostrar algumas das ofensas que recebeu, ao escreveu em seu Twitter que não conseguiria votar nas eleições para presidente.

“Esse ano nas eleições, não conseguirei votar, acabei de mudar de estado e provavelmente não estarei no país, respeito o voto de todas as pessoas, cada um vota em quem quer, porém eu sou #EleNão”, escreveu em referência ao protesto contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro, no último domingo, 23.

Posteriormente, ela falou sobre a maneira como as pessoas querem impor suas ideias aos outros. “As pessoas estão ficando insuportáveis com política! Ninguém respeita a opinião de ninguém, um xingando o outro, para quê? Para nada! Porque isso em nada acrescenta no nosso país! Respeito gente, mais respeito por favor”, pediu.

Ao publicar uma foto, Lexa foi ofendida e sua mãe saiu em sua defesa. “Deixa eu te falar, de boa, babaca, otário, covarde, machista. Mexe com mulher, porque não vai mexer com um homem do seu tamanho? Covarde! Mas pode deixar que eu já vou colocar a polícia em cima de você, seu babaca, otário. Seu machista, preconceituoso, homofóbico. Você não tem filha, não? Não sabe respeitar uma mulher? Não é casado? Não teve mãe? Respeito, respeito é a palavra! Respeite o seu próximo”, desabafou.

Dalin ainda continuou. “Graças a deus, hoje a minha filha é uma das divas de todo movimento LGBTQI+ geral, e sempre será! O movimento merece respeito, as pessoas merecem respeito. O ser humano ama quem quer amar e da forma que quer amar e do jeito que quer amar. Hoje graças a deus, Sapequinha (canção de Lexa) está entre as músicas mais ouvidas do nosso país. Olha que coisa linda, que momento lindo para um vagabundo querer estragar”. E finalizou com “A polícia vai atrás de você”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisment ad adsense adlogger