Cássio minimiza bola na trave e vê Corinthians acostumado a vencer

O Corinthians está na grande final da Copa do Brasil, vai enfrentar o Cruzeiro na busca pelo seu segundo título na temporada. Mas, a história do confronto com o Flamengo, em Itaquera, poderia ter sido diferente se a bola de Pará, aos 47 minutos da etapa final, entrasse. Para sorte dos corintianos, a redonda explodiu na trave e nada mais pôde tirar a vitória alvinegra por 2 a 1.

O lance que certamente causou um gelo na espinha de muitos torcedores do Corinthians foi minimizado por Cássio, que no momento da jogada até se esticou todo, mas não conseguiu praticar a defesa.

“Desespero, não. É muito rápido, não dá tempo de bater o desespero. Mas acho que ele também não quis fazer aquilo, né? Acho que ele tentou jogar a bola para dentro da área e a bola acabou fazendo uma curva e acertando a trave. Felizmente nós tínhamos jogador ali e evitamos que ela entrasse. Faz parte. Bola na trave não é gol. Isso acontece. O que vale é quando sai gol”, comentou o arqueiro, capitão de um clube que se acostumou a ser protagonista nos últimos anos.

“É bom, mas acho que é um sentimento que o corintiano está acostumado. Se a gente for pegar o currículo de títulos que a gente vêm conquistando, vêm trabalhando. Lógico que crítica vai haver sempre, até porque o Corinthians é uma equipe de massa. Se botar o sub-23, o Corinthians vai ter de ser favorito a ganhar títulos”.

Talvez por toda a experiência adquirida desde 2012, quando chegou ao Corinthians, Cássio sabe que o momento não é de euforia ainda. A classificação em cima do Flamengo foi importante, mas não terá qualquer importância a partir do apito inicial da final contra o Cruzeiro.

Leia também:
Corinthians supera favoritismo do Flamengo e vai à final da Copa do Brasil
Corinthians decide em casa título da Copa do Brasil contra o Cruzeiro
Sem Jair, auxiliar comanda reapresentação do Corinthians no CT
Fagner tem fibrose diagnosticada e não enfrenta o América-MG
Mateus Vital admite gosto especial por eliminar o Flamengo
Romero vê obrigação de Corinthians forte independente do elenco
Corinthians confia que terá Romero nas duas finais da Copa do Brasil

“Uma equipe que está sempre chegando, tem um elenco que está junto a mais tempo, mas o Corinthians também tem coisas positivas, em final dificilmente você tem um favorito. Vão ser dois grandes jogos e nós vamos tentar mais esse título”, analisou, antes de lembrar da influência que a campanha no Brasileirão pode ter sobre o time que disputa o título na competição por mata-mata.

“Difícil falar agora, até porque é o professor que comanda isso. Mas nós temos de focar no Brasileiro, nós temos de pontuar, estar no pelotão mais próximo do topo da tabela. Vamos focar nisso, e quando for o momento o professor vai definir. Acho que as maneiras que o professor trabalha e escala o time é nítido que todo mundo assimilou bem. A gente conseguiu resultados positivos, o time vem numa crescente boa e os resultados positivos no Campeonato Brasileiro são importantes, porque vão dar mais confiança para a Copa do Brasil”, concluiu Cássio.

 

O post Cássio minimiza bola na trave e vê Corinthians acostumado a vencer apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisment ad adsense adlogger