Em Espelho da Vida, Kéfera revela que sofre preconceito por ser youtuber

Kéfera espelho da vida
Kéfera terá destaque em Espelho da Vida (Foto: Isabella Pinheiro / Gshow)

A Globo surpreendeu muita gente ao contratar Kéfera para a sua próxima telenovela das 18h, Espelho da Vida. A jovem, que ficou famosa nacionalmente por causa de seu canal no YouTube, fará finalmente sua estreia na TV como atriz. Em entrevista à jornalista Patricia Kogut, ela teve que enfrentar de cara cenas de ação nas gravações.

“Era uma sequência bem tensa de perseguição, muito importante para a história. Mas o retorno da equipe foi positivo. O Pedrinho [Pedro Vasconcelos, diretor da trama] disse que as pessoas se surpreenderam comigo. Demorei para assistir à cena pré-editada e, quando vi, pulei e berrei de felicidade. Ficou muito bonita. A fotografia da novela está linda. Parece uma produção de Hollywood”, brincou.

+Programa solo de Paolla Carosella na Band ainda é cogitado

Na trama, Kéfera interpretará Mariane, uma atriz que será a ex-namorada de Alain (João Vicente de Castro), diretor do filme que movimentará a história. A atriz ganhará um papel secundário no longa e rivalizará com a protagonista (Vitória Strada) pelo papel principal.

Ela é muito competitiva, quer ser o centro das atenções. Depende dos fãs para ser feliz e ama a fama. Vai fingir um romance com Mauro César. A relação fake é para que os dois possam aparecer mais, mas eles acabam se envolvendo de verdade. A Mariane é uma vilã cômica. Não é muito má como a Nazaré Tedesco. Ela tenta armar, mas se atrapalha mais do que acerta”, adiantou Kéfera.

Kéfera Buchmann integra elenco de Espelho da Vida. (Foto: Divulgação)
Kéfera Buchmann integra elenco de Espelho da Vida (Foto: Divulgação)

Conhecida como youtuber, Kéfera é atriz por formação. Ela revelou que sofre preconceito por causa do trabalho na internet, que o ajudou a chegar onde está hoje.

Tem gente que acha que surgi na internet e, por causa dessa visibilidade, resolvi ser atriz. Não foi isso. Comecei a fazer teatro aos 15 anos. Passei por uma banca e fiz prova teórica para tirar meu DRT [registro profissional]. Na verdade, eu usei o YouTube como uma porta de entrada para algo maior, para que eu fosse vista. Eu morava em Curitiba, não tinha contato com ninguém do meio artístico. Comecei do zero e tive que caminhar sozinha. Mas quem conferiu as minhas primeiras cenas na novela viu que eu não estava para brincadeira. Eu me preparei e estudei”, afirmou.

+Sucesso no SBT, Bake Off Brasil terá edição com celebridades; saiba quem participará

Kéfera ainda revelou que foi vítima de machismo por causa de seus vídeos. “Os homens falavam: ‘Faz vídeo de biquíni que você vai se dar melhor’ ou ‘Você é bonitinha, mas de boca fechada’. Na internet, todos costumam ser muito maldosos. No começo, foi bem difícil. Era doloroso ler comentários negativos sobre mim. Às vezes, as pessoas descontam as frustrações delas em outra. Mas, conforme foi passando o tempo, fui ficando mais tranquila, mais calejada. Hoje em dia tento não me contaminar, não deixo que isso me atinja”, disse.

%d blogueiros gostam disto: