Fazer com que um vídeo fique em câmera lenta não é uma tarefa fácil. Se as imagens foram capturadas em um formato padrão, o vídeo não terá tantos frames por segundo e ficará com uma aparência estranha após ser editado.

Graças a uma inteligência artificial testada pela Nvidia, esse processo poderá se tornar mais simples. Em um experimento, a empresa usou aprendizagem profunda para fazer um vídeo de 30 fps ser exibido em um slow motion de 240 fps.

Para atingir esse objetivo, a inteligência artificial compara dois frames do arquivo original e cria cenas que simulam como os elementos presentes no vídeo se moveriam nesse intervalo. No futuro, a solução poderá ser uma boa ferramenta para editar vídeos que já foram gravados com o smartphone.

Os pesquisadores da Nvidia acreditam que essa seria uma das principais finalidades do recurso. “Embora seja possível fazer vídeos de 240 fps com um celular, gravar tudo em altas taxas de quadros é impraticável, já que requer grandes memórias e consome muita energia em dispositivos móveis”, dizem os pesquisadores da Nvidia.

A inteligência artificial ainda tem algumas limitações para modificar vídeos muito diferentes. Neste caso, os pesquisadores precisam dar um treinamento com um material parecido para ela entender do que se trata e conseguir modificar o outro vídeo.

A Nvidia também lembra que sua solução é capaz de criar somente sete quadros a cada intervalo, o que não impede bons resultados nos vídeos editados. Confira uma demonstração divulgada pela empresa:

Com informações: Nvidia, The Verge.

Nvidia usa inteligência artificial para criar vídeos em câmera lenta

Leia Mais  Repórter gato da Globo se casa com um colega de emissora e tasca beijão no rapaz