A Apple anunciou nesta quarta-feira (23) que vai oferecer um crédito de R$ 300 para usuários que pagaram para trocar a bateria de um iPhone 6 ou superior fora da garantia. O reembolso vale para quem realizou o procedimento entre 1º de janeiro e 28 de dezembro de 2017.

Este é mais um capítulo da novela da lentidão dos iPhones com baterias desgastadas. No ano passado, a Apple confirmou que reduzia intencionalmente o desempenho dos aparelhos à medida que o componente envelhecia. Isso ocorre porque as baterias “tornam-se menos capazes de atender às demandas de pico de corrente […] o que pode resultar no desligamento inesperado do dispositivo”, segundo a empresa.

Para evitar que os iPhones desligassem repentinamente, a solução foi limitar a velocidade do processador, suavizando os picos de corrente. Após críticas, especialmente devido à falta de transparência, a Apple liberou uma atualização que permite desativar a redução de velocidade do iPhone e diminuiu o custo de troca de bateria, de R$ 449 para R$ 149, até o final de 2018.

O reembolso varia de acordo com o país (nos Estados Unidos, por exemplo, é de US$ 50) e vale para consumidores que substituíram a bateria em um Centro de Serviço Autorizado Apple. Quem estiver qualificado ao ressarcimento não precisa fazer nada: “Os clientes qualificados receberão contato da Apple por e-mail entre os dias 23 de maio e 27 de julho de 2018 com instruções sobre como obter o crédito”, diz a Apple.

Quem acreditar estar qualificado para o reembolso e não for contatado deverá entrar em contato com a Apple até 31 de dezembro de 2018. O reembolso será emitido por transferência eletrônica ou estorno no cartão de crédito. Todos os detalhes estão nesta página.

Apple vai reembolsar em R$ 300 usuários que pagaram para trocar bateria de iPhone